sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Admirável Mundo Novo

E, finalmente, consegui deixar o sono de lado durante 5 minutos para contar a novidade: nasceu nosso ENZO! Nosso pequeno está hoje com 17 dias de vida e já estamos começando a nos acostumar, ambos, com a nova rotina. Só tenho uma coisa a dizer: ser mãe é tudo e mais um pouco que eu esperava. O Enzo é uma criança incrível, cheia de personalidade, mas muito bonzinho. Eu tinha medo de não ter leite e ele mama que é uma beleza, então imagina a minha felicidade.

O parto foi de cesárea, como eu já tinha falado, dia 09 de novembro e ele nasceu às 18h25, pesando 2450kg e com 46cm. Era um picutuxo e nenhuma das roupinhas RN (e eu tinha medo de nem chegar a usá-las) servia para ele. Hoje, ele já passou dos 48cm e está vestindo os macacõezinhos - dois deles já não servem mais! Olha que maravilha!

Olha, não vou dizer que cesárea não é uma coisa estranha. Eu passei uns 40 minutos com a certeza de que minha perna esquerda estava dobrada (porque foi a última sensação que tive antes da anestesia fazer efeito); não dói nada para fazer a anestesia (como o Dr. Stenio, chefe da anestesia do Hospital Santa Catarina, que cuidou de mim durante meu labor time, diz, o que dói mesmo é a punção da mão para o caso de precisar de soro: e É VERDADE!); a sensação dos médicos mexendo em você é estranha, e você fica meia horinha naquela expectativa: e aí, achou ele? Achou? Achou?
Mas nada, nada nesse mundo se compara ao momento em que mostram seu filho a você. Nós dois, David e eu, ali, parados (eu, obviamente, ele, de choque, rs), chorando, abobalhados olhando aquela coisinha roxinha chorando sem parar. Nosso filho. Enzo. Como a gente esperou por você. SEJA BEM VINDO. Na verdade, na hora, tudo isso passa pela cabeça e a gente só consegue chorar. E o David conseguiu dizer: "o cabelo dele é pretinho"... rs.

Nosso tão esperado bebezinho está sendo cuidado com todo amor e carinho. E já é amado pelas duas famílias, tanto tio e tia babando por ele, nossa. E a vovó Lange, que está aqui conosco me ajudando nessas primeiras semanas, é quase mais coruja que a mãe dele, rs.

Ah, um agradecimento gigante para o Dr Rogério A. Gomes, nosso obstetra querido, que me cuidou com todo o amor e carinho, antes e depois do parto, e que nos ajudou a trazer ao mundo nossa preciosidade. E também à equipe do Hospital Santa Catarina, fui muito bem tratada lá, todo mundo me ajudou muito!

Agora, estamos todos aprendendo a conviver, a cuidar sem se preocupar demais (falo por mim, que sou surtada, rs), amar sem superproteger, e conviver com opiniões diferentes, fatos novos, informações necessárias e outras nem tanto. Enfim, é uma aventura, realmente. E vai durar a vida toda. Porque como diz meu irmão João Gabriel, que começou a sua própria aventura de ser pai no ano passado: filho é que nem videogame, cada fase é mais difícil! rs.

Para ENZO LUCCHESE CHINELLATO:

você é algo assim
é tudo prá mim
é como eu sonhava

você é mais do que sei
é mais que pensei
é mais que eu esperava

baby
sou feliz, agora!

3 comentários:

Ana Paula disse...

hahahha, é estranho eles fuçando na barriga né amiga. Morrendo de vontade de conhecer o Enzo. Saudade de vc amiga, queria tanto poder ir na sua casa tdo dia rsrsr.

David Chinellato disse...

Texto lindo gata. Amo vcs dois

Fran disse...

O Enzo é a coisiquinha mais linda desse mundo!!!!!

Mais uma vez: PARABÉNS !

Beijos e beijos da prima-tia postiça :)